Karma Police

Hoje um capô passou menos de três metros de minha cabeça e eu não vi. Amigos sangraram e desesperaram por assuntos menores mas não me importei. Meu fluxo ignorante e impaciente só tinha um foco o dia todo.
Toda essa tarde se arrastou na minha cama sem que eu tivesse forças pra me levantar, não queria, era mais afável o edredom amenizando a dor do que a dúvida.
Hoje eu nasci de novo, segundo populares. Pensei no branco que se fez perante os olhos e minha mente. Pensei no único foco evidente. Em um instante todo as fotos e as folhas de calendário perdem todo o sentido, todo aquele monte de dinheiro debaixo do colchão só servirá pra que dar um sepultamento digno; pode ser que nem apareça alguém pra carregar o seu caixão. Enquanto todo a sua vida passa diante de seus olhos, há um menino fazendo gol, uma adolescente gritando de orgasmo e um velho chorando as decepções do filho caçula. Não queira perder os dias que lhe restam evitando o sol dentro do quarto, não deseje isso. Aproveite pra sentir sabor no sangue porque nada vai restar quando os dois mundos – e você no meio disso – se chocarem.

 

Anúncios
Etiquetado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: